Blog

Análise de dados: como a indústria pode se beneficiar dela?

A Indústria 4.0 trouxe muitas mudanças, principalmente quanto à eficiência dentro dos processos industriais. Além de garantir uma maior qualidade ao produto final e mais produtividade, ela também ajuda a melhorar o relacionamento com o consumidor. Uma das características mais importantes dessa transformação é a análise de dados.

Para que possa produzir, a indústria precisa seguir uma série de etapas, que começam no planejamento, passam pela compra de matéria-prima, e chegam até a entrega do produto final ao consumidor. Esses processos acabam gerando um grande volume de dados e informações relevantes, que ajudam a ter uma visão mais clara sobre diversas camadas da produção, como:

  • Tempo médio de operação de um equipamento;
  • Melhor período para a manutenção;
  • Momentos de queda de produção;
  • Produtos com maior e menor saída;
  • Problemas de logística;
  • Entre muitos outros.

A análise de dados é o processo necessário para estudar e compreender todas essas informações e ajudar a esclarecer diversos questionamentos relevantes. Com isso, os gestores conseguem tomar decisões mais assertivas e criar estratégias para aumentar a produtividade, reduzir desperdícios e atuar de forma mais inteligente com os recursos disponíveis.

 

Qual é o papel da gestão de dados no processo produtivo? 

Uma vez que os equipamentos utilizados dentro da indústria são mais eficientes e tecnológicos, a gestão de dados ajuda a otimizar o controle dos processos produtivos e agregar ainda mais valor a eles. Com a crescente competitividade do mercado, há também uma necessidade constante por melhorias, que vão desde a redução de perdas, até a diminuição do impacto ambiental causado pela indústria.

Dessa forma, a análise de dados assume um papel primordial, guiando e orientando os gestores no sentido de executar o processo produtivo com mais eficiência e valor. A confiabilidade das informações representa uma ferramenta muito valiosa e competitiva.

Artigos relacionados:

 

Onde coletar dados na indústria?

Praticamente tudo que é feito na indústria acaba gerando dados e informações relevantes, que devem ser aproveitados para contribuir com um processo de tomada de decisões mais inteligente e estratégico. Esses dados podem ser coletados em diversas fontes, como:

  • Relatórios de funcionamento;
  • Alertas de performance;
  • Pesquisas de mercado;
  • Soluções digitais (ferramentas de buscas, sites e mídias sociais);
  • Entre outros.

 

Quais são os benefícios da gestão de dados?

Uma gestão de dados eficiente pode trazer inúmeros benefícios para a indústria que a aplica, como:

Maiores oportunidades de crescimento

Ter acesso a informações mais completas e realistas sobre os processos executados dentro da indústria e sobre o mercado onde ela está atuando, ajuda os gestores a estabelecer previsões e antecipar oportunidades de crescimento. Além disso, essas previsões podem garantir uma vantagem competitiva e trazer ainda mais lucratividade para o negócio.

 

Redução de falhas e gargalos produtivos

O monitoramento dos processos deve fazer parte da realidade dos gestores no ambiente industrial, tanto para garantir que as demandas sejam atendidas, quanto para eliminar possíveis erros e falhas que impactam na produtividade. Contudo, determinados fatores, como os gargalos, são muito difíceis de prever sem acesso a dados consolidados sobre as atividades realizadas.

Contudo, através da análise de dados, esses aspectos podem ser identificados e corrigidos antes que impactem negativamente no negócio.

 

 

Redução de custos

A competitividade faz com que seja necessário encontrar formas de trazer mais produtividade com a mesma quantidade de recursos, e dados consistentes ajudam nessa tarefa. A indústria consegue administrar todos os seus recursos com mais inteligência, eliminando desperdícios e aumentando a produtividade sem a necessidade de realizar maiores investimentos. Ainda que estes gastos estejam “escondidos” dentro de custos relevantes, as informações trazidas conseguem demonstrar com mais clareza a existência de gastos desnecessários.

 

Impactos da análise de dados na indústria

Sem uma análise e gestão de dados eficiente, as informações entregues não passam disso, informações. É necessário que elas sejam analisadas e contextualizadas para trazer impactos positivos, como:

No chão de fábrica

  • Estudar o tempo de atividade de cada equipamento para programar as paradas para manutenção de forma mais eficiente;
  • Acompanhar os processos com mais inteligência, permitindo que eles sejam ajustados para entregarem mais produtividade e eficiência.

Na área comercial

  • Identificar os produtos com maior procura e demanda, e ajustar os que precisam de uma estratégia diferenciada;
  • Estudar o público-alvo para entregar soluções mais assertivas;
  • Aumentar a fidelização dos clientes através de estratégias de marketing mais objetivas e direcionadas.

A falta de análise de dados pode fazer com que processos inadequados sejam mantidos, prejudicando a produtividade e a lucratividade da empresa. É essencial estudar essas informações para trazer mais inovação e diferencial dentro do mercado.

 

 

Aplicações da análise de dados na indústria

Como vimos, a análise de dados não só pode agregar mais valor, como também a sua ausência pode prejudicar a continuidade das atividades exercidas pela indústria. Dentro dos processos produtivos, essa análise visa melhorar o relacionamento com o consumidor ao entregar soluções diferenciadas e trazer mais eficiência aos processos.

Dentro de tudo que faz parte dos processos industriais e da gestão desse tipo de negócio, a análise de dados busca agregar otimização e inteligência. Dessa forma, a indústria pode garantir uma atuação mais efetiva e diferenciada dentro do setor em que atua.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.