Blog

Automação industrial rumo à Indústria 4.0

automacao-industrial-rumo-a-industria-4.0

A automação industrial vem inquestionavelmente trazendo grandes benefícios para a indústria, e hoje vamos falar sobre um de seus rumos mais recentes que é o da indústria 4.0, um pouco das tendências mundiais e do cenário nacional.

Automação na indústria: um longo caminho percorrido ou a percorrer?

Observando a trajetória que a indústria já percorreu ao longo das revoluções industriais, e que acontece ainda agora com processo da indústria 4.0, temos um longo caminho já trilhado pela automação industrial.

Um pouco da trajetória:

A 1ª revolução industrial

Neste período houve um grande progresso com a criação de novas fontes energéticas como carvão e máquinas a vapor. Estas deram bases para desenvolvimento das máquinas industriais para a criação de produtos mais sofisticados e expressiva ampliação da capacidade produtiva.

 

1-revolucao-industrial-industria-4.0

As máquinas a vapor, movidas com a combustão de lenha e depois carvão, foram os motores da Primeira Revolução Industrial

 

A 2ª revolução industrial

O início do uso do petróleo e da eletricidade foram os grandes destaques deste período. A automação industrial foi alavancada nas fábricas em especial à indústria automobilística, que verificou grande boom na época.

 

Indústria-4.0-segunda-revolucao-industrial

Combustíveis fósseis e eletricidade geraram o salto de produtividade visto na Segunda Revolução Industrial.

 

A 3ª revolução industrial

Com seu início na década de 70, e ainda em processo atualmente, a terceira revolução industrial traz com muita força a tendência digital com os primeiros microcomputadores e os sistemas robóticos.

 

3-revolucao-industrial-industria-4.0

A automação com robôs industriais é a marca da Terceira Revolução Industrial.

 

Indústria 4.0

Fortemente influenciada pela terceira revolução industrial, a indústria 4.0 começou poucos anos atrás.
Seu princípio baseia-se em uma junção de tecnologias já existentes, mas com a intenção de melhorá-los individualmente e a partir disso criar novos conceitos: computação em nuvem, internet das coisas, big data, etc.

 

industria-4.0-transicao

Na indústria 4.0, a intenção é criar um sistema de super automação, com integração e dinamismo de dados nunca antes visto.

 

A transição para a indústria 4.0 e o cenário brasileiro

Quando partimos para o cenário nacional vemos que grande parte da indústria está em operação e adequação à indústria 3.0, ou até anterior a isso.

Uma das razões para isto é principalmente pela mentalidade com um modelo de gestão de negócios ligado às fases industriais já arcaicas, e mais ainda, é feito um esforço para a manutenção dos mesmos.

O que pode nos dar esperança é a capacidade adaptativa do ser humano, revelada claramente pelas revoluções industriais já ocorridas, com cada quebra de paradigma e as novidades que vieram com elas.
As mudanças no mundo já começaram e continuam acontecendo a todo vapor, e se a economia brasileira quiser pegar a onda de evolução rumo à indústria 4.0, é imprescindível que superemos a barreira de resistência às mudanças que domina a atual realidade industrial brasileira.

 

Indústria 4.0: o que é preciso ter?

Para sermos um pouco mais pragmáticos, vejamos o que realmente define a indústria 4.0, e quais aspectos revelam que ela está de fato sendo implementada na sua fábrica.

 Para isso podemos imaginar, por exemplo, um cenário onde máquinas solicitem tarefas de manutenção diretamente aos setores responsáveis ou a fornecedores, como:

  • Reparos;
  • Reposição de peças;
  • Reabastecimento.

Ainda pode-se imaginar um cenário de troca de informação e comandos entre máquinas, equipamentos e produtos via rede, o que permitiria tomadas de decisão descentralizadas e imediatas.

 

internet-das-coisas-IOT-industria-4.0

Em todos estes casos você estará diante de novos conceitos de troca de informação por rede, que é exatamente um dos principais pilares da indústria 4.0: a Internet das Coisas (IOT).

Outro forte aliado da indústria 4.0 é a robótica, que veio para revolucionar a automação em fábricas de diferentes portes, e é sem dúvida um grande passo para adentrar a indústria 4.0 (Confira os 5 motivos para não ignorar a robótica na sua fábrica).

 

Mas em uma fábrica com bom nível de automação, o que mais pode ser implementado?

Além da completa mudança de paradigma em como os dados poderão ser utilizados na indústria 4.0, podemos estender um pouco mais o que pode mudar no caso de um nível de automação industrial já avançado.

Outros diferenciais possíveis de serem utilizados são outros pilares da indústria 4.0 como:

  • Modularidade;
  • Descentralização;
  • Big data;
  • Agendamento de manutenções feito pelo próprio sistema;
  • Produção pode responder quase imediatamente à demanda;

Com esses pilares podem ser possíveis grandes saltos de produtividade, redução de custos e maior lucratividade, o que nos revela mais uma vez o quanto é emergencial a aplicação desta realidade em nossa indústria, principalmente no aspecto da automação.

 

É preciso mudar, e logo!

O elevado nível de competitividade entre indústrias alinhadas com princípios 4.0 dificultarão a vida de quem ainda está nas fases 2 ou 3 da revolução industrial, que é o caso da maior parte das empresas brasileiras.

industria-4.0-transicao-pequenas-medias-empresas

A mudança é prontamente necessária, e lembrando que deve ser iniciada por uma mudança de mentalidade, como já mencionamos..

Para um maior aprofundamento no assunto confira os respectivos: link para artigo Mudança de mentalidade, a primeira barreira a ser superada rumo a Indústria 4.0, e para saber como realizar um projeto de automação industrial: 10 pontos para elaborar um projeto de automação industrial.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.