Blog

Lean Manufacturing e Indústria 4.0: amigos ou concorrentes?

lean manufacturing e indústria 4.0 concorrentes

Desde a Primeira Revolução Industrial diversos modelos de produção já surgiram nas linhas de montagem ao redor do mundo. Todos eles têm por base a evolução tecnológica e a inovação. Estes são os dois motores de mudança da Indústria.

A Lean Manufacturing – Manufatura Enxuta – e a Indústria 4.0 são dois exemplos recentes e certamente os mais importantes da atualidade. A Lean Manufacturing vem desde as décadas de 70 e 80, tendo como protagonista a indústria japonesa e os grandes símbolos do Toyotismo. Como a própria Toyota e a indústria automobilística japonesa como um todo. Já a Indústria 4.0 surgiu como um movimento de unificação de diversas tecnologias principalmente na Alemanha, nos anos 2010.

Os dois conceitos configuram entre os modelos e teorias de produção e administração industrial, figurando ao lado do Taylorismo, Fordismo e do Volvismo (modelo Sueco) como marcos do avanço industrial.

Mas afinal, a Indústria 4.0 veio para substituir a Lean Manufacturing? Ou os dois convivem em harmonia no chão de fábrica?

 

Lean Manufacturing

Lean manufacturing, como é globalmente chamada a Manufatura Enxuta, é também conhecida por Sistema Toyota ou Toyotismo. Ela é uma filosofia de gestão, e não uma revolução industrial. Isso significa que, como filosofia de gestão, a Lean Manufacturing não se aplica a apenas um contexto específico. Empresas com diferentes níveis de automação e com características de fases industriais distintas podem usar esse modelo.

Daí você já pode ter uma ideia sobre se a Manufatura Enxuta é amigo ou concorrente da Indústria 4.0.

É importante ressaltarmos que o Sistema Toyota vem desde a década de 80 como um modelo de administração que se disseminou pela economia. Seus métodos e ideias irradiaram do Japão para o mundo. Hoje fazem parte até mesmo de modelos de gestão pessoal de tempo e tarefas. Sendo assim um conjunto de ideias que extrapola o mundo industrial, apesar de ser essa sua verdadeira base.

Objetos de atenção

Em resumo, a Manufatura Enxuta foca em reduzir os excessos e tornar o processo produtivo mais ágil, com menos resíduos e mais flexível. São sete desperdícios formalmente definidos como objetos de atenção:

  • Super-produção;
  • Tempo de espera;
  • Transporte;
  • Excesso de processamento;
  • Excesso de inventário,
  • Excesso de movimentos ou manobras no chão de fábrica;
  • Número de defeitos.

Ao focar na eliminação desses desperdícios, o Sistema Toyota prega que a qualidade da produção aumenta e os custos tendem a diminuir. Alguns conceitos que ficaram famosos são o de Kanban e Kaízen. O primeiro é um método visual para acompanhamento de processos e tarefas. O segundo constitui um processo contínuo de análise e implementação de melhorias.

A título de curiosidade, o termo Lean Manufacturing foi popularizado pelo livro: “ A mentalidade enxuta nas empresas Lean Thinking: Elimine o desperdício e crie Riqueza”, de James P. Womack e Daniel T. Jone. O principal nome da Toyota responsável pelo sistema Lean foi o executivo Taiichi Ohno.

Mas como entra a Indústria 4.0 nessa história?

 

Indústria 4.0

A Indústria 4.0 é o nome dado à revolução industrial atualmente em curso, que no contexto histórico corresponde à quarta revolução industrial. Esse movimento foi formalizado como estratégia industrial na Alemanha. País que difunde este novo paradigma, sendo apresentado como conceito primeiramente em 2011. Desde então as principais potências industriais do mundo tem intensificado pesquisas e discussões no sentido de definir de forma precisa e estabelecer o conjunto de características da Indústria 4.0.

Algumas coisas já são consenso, como por exemplo, o uso de Big Data e da Inteligência Artificial nas operações industriais, a automatização em níveis jamais vistos, dando origem aos chamados sistemas de produção cyber-físicos. Impressão 3D, Internet das Coisas e virtualização de operações também são tecnologias em franco processo de pesquisa e implantação prática.

 

As quatro revoluções industriais. Créditos: Christoph Roser at AllAboutLean.com

 

Cada revolução industrial teve seus marcos tecnológicos

  • 1º Revolução Industrial: Primeiras máquinas à vapor e hidráulicas. Primórdios da automação mecânica.
  • 2º Revolução Industrial: Introdução da energia elétrica, do motor de indução e da linha de montagem. Início da era do Petróleo.
  • 3º Revolução Industrial: Introdução da eletrônica e dos processos computadorizados. Automação atinge novo patamar graças à robótica.
  • 4º Revolução Industrial: A chamada Indústria 4.0, baseada na introdução das fábricas inteligentes, sistemas intensos em inteligência artificial, Big Data, conectividade e automação.

Agora que sabemos o que são e contexto história da Indústria 4.0 e do sistema Lean, podemos responder à nossa pergunta inicial.

 

+ Leia mais: Por que (e como) implementar a Indústria 4.0 na fábrica?

 

Amigos ou concorrentes?

Amigos, com certeza! A filosofia Lean e suas ideias de eliminar desperdícios, aumentar a produtividade por meio de processos ágeis e flexíveis e implementar melhorias contínuas, cai como uma luva na Indústria 4.0.

É importante entendermos que são coisas diferentes. A Indústria 4.0 é uma nova etapa histórica da revolução industrial que está em curso. A Manufatura Enxuta é uma técnica de gestão, que pode ser aplicada ou não, independente de ser uma fábrica inteligente ou uma linha de montagem tradicional da 3º revolução industrial.

Como a Indústria 4.0 compreende também os conceitos de sustentabilidade, eficiência e melhoria contínua da produtividade e qualidade, é provável que o Sistema Lean Manufacturing se torne ainda mais importante.

Os dois conceitos são complementares, e embora algumas mudanças ocorram em relação a como usar as ferramentas do Lean e adaptações sejam feitas, a Indústria 4.0 vai dar um grande impulso à Manufatura Enxuta.

Agora que você sabe bem o que é e como a Indústria 4.0 e a Manufatura Enxuta convivem na indústria moderna, resta a última pergunta: Como implantar esses modelos na minha fábrica? A Fersiltec pode dar essa resposta e fornecer um amplo plano para implantar este novo nível de automação industrial na sua empresa.

Entre em contato conosco agora e saiba mais.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.