Blog

Thin Clients Vs. Web Clients o que são e quais são suas aplicações na indústria

Ao iniciar um projeto de rede de computadores e decidir qual será a arquitetura utilizada,  inevitavelmente você pode se deparar com o conceito de Thin Client  e Web Client. Para te ajudar nesse momento, preparamos um artigo completo, explicando as principais características dessas duas tecnologias. Descubra a seguir!

 

O que é Thin Client?

Comparativamente com a arquitetura clássica, o Thin Client apresenta uma redução de custos considerável, tendo uma implantação facilitada, disponibilizando todos os recursos presentes em uma arquitetura tradicional. Essa tecnologia consiste em um computador simplificado, que é conectado a um servidor e utiliza a sua infraestrutura para funcionar.

São microcomputadores bem simples, sem a necessidade dos componentes presentes em um equipamento tradicional, como HD, processador e memória. O Thin Client  atua por meio da virtualização, ou seja, o seu sistema operacional é instalado no servidor, utilizando da tecnologia da sua CPU para executar todas as atividades e aplicações necessárias.

Dessa forma, todas as estações de trabalho presentes na empresa, podem utilizar a CPU do servidor, porém em monitores diferentes. Assim, a empresa pode realizar todas as atividades básicas necessárias para a sua rotina. A conexão é feita por meio de internet via cabo ou wireless.

 

O que é Web Client?

Diferentemente do Thin Client, o Web Client é uma espécie de Navegador Web, utilizado para aplicações compatíveis com essa interface. Ou seja: quando a aplicação utilizada possuir uma interface Web, é possível utilizar o Web Client. Qualquer aplicação que possa ser executada e acessada por meio de um navegador, pode ser baseada nessa tecnologia.

Relacionados:

 

Comparativo entre Thin Client e Web Client

A primeira diferença que podemos observar entre essas duas tecnologias é com relação aos custos. O Thin Client  é uma máquina mais leve e simplificada, sendo otimizada para conexão remota. A maior parte do trabalho é realizado pelo servidor, para que as aplicações sejam executadas pelos usuários, em múltiplas estações de trabalho.

Já o Web Client é utilizado para executar aplicações pela interface de um navegador Web, como o Chrome e o Internet Explorer, por exemplo. Dessa forma, não é necessário realizar a instalação.

 

 

Aplicações mais comuns na indústria

 

Thin Client

Indicado para a execução de aplicações  grandes e com um alto número de clientes, Historiadores, Sistema de Controle de Bateladas, entre outros. O Thin Client apresenta inúmeras vantagens para a empresa, como:

Diminuição dos custos: são computadores mais baratos e simplificados do que os computadores tradicionais, e uma vez que é executado a partir do servidor principal, possui uma menor necessidade de administração e manutenção (que é realizada apenas no servidor). Além disso,o consumo de energia também é reduzido.

Maior produtividade: a administração do Thin Client é muito mais simplificada, sendo a maior parte do gerenciamento dedicada ao Servidor. A criação e substituição de um cliente é feita de forma rápida e simples.

Segurança: realizando um processamento centralizado das informações, haverá um aumento na segurança dos seus dados. Isso acontece pois as portas são centralizadas e o sistema não realiza o armazenamento de dados críticos, tornando a segurança mais simplificada.

 

Web Client

Já o Web Client pode ser utilizado para acessar as telas de Supervisão e Controle de um SCADA – Supervisory Control and Data Acquisition (Controle de Supervisão e Aquisição de Dados), para acessar as informações relativas à qualidade e consumo de Medidores de Energia, Visualizar dashboards com diagnósticos de processo, entre muitas outras tarefas.

As IHMs (Interface Homem – Máquina) Web Client apresentam um custo inferior e baixa necessidade de manutenção, uma vez que as aplicações são executadas por um navegador.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.