Blog

A hora dos robôs nas pequenas empresas

robos-para-pequenas-empresas

Pode até não ser novidade que a tecnologia tem ajudado bastante na acessibilidade financeira dos robôs, o que aliás foi um salto para aqueles que pensavam comprar um robô para sua fábrica em um futuro distante.

Agora, o que pode ser novidade para muitos é que esta realidade está se concretizando também para as pequenas empresas, em particular as que atuam nos ramos de manufatura e de alimentos.

A grande sacada aconteceu quando se observou que ao adicionar robôs, mesmo em uma pequena escala na linha produtiva, uma mudança substancial e extremamente positiva é perceptível no ambiente de trabalho, pelos empregados e até mesmo pelos clientes.

E o que se verifica, e sem muita surpresa, é que todo mundo sai ganhando quando os braços se abrem para a tecnologia, independente do tamanho do negócio.

+Leia mais: a robótica industrial chegou para as pequenas indústrias

Outro ponto que merece destaque, e parece um pouco desanimador, é que empreendimentos menores costumam ter menor variedade de produtos exatamente por optar por um nicho mais específico, fazendo com que a estrutura seja limitada para a diversificação dos serviços prestados.

Entretanto, se os proprietários estiverem bem antenados, serão capazes de perceber a realidade de seu sistema produtivo e como um robô poderia contribuir para atender as metas correntes e por que não, também as futuras.

Para que a robotização seja uma boa escolha, é interessante que a fábrica tenha um sistema de automação versátil, capaz de ser instalado e movido em um curto período de tempo para outro local na linha de produção, se necessário.

 

Crescente confiabilidade

Sabemos bem que está na natureza humana cometer erros, especialmente quando estamos fazendo diversas tarefas ao mesmo tempo.

Por exemplo, sabe aquele momento quando colocamos a chave do carro na estante e levamos o livro para o carro?

Pois imagine agora este mesmo tipo de situação no ambiente de trabalho e o tamanho da confusão que poderia causar. Se algo der errado em algum momento em uma linha de montagem, o erro pode virar uma uma bola de neve e causar grandes problemas.

 

pequenas-empresas-robotica-colaborativa

Hoje já existem linhas de robôs que atuam de forma colaborativa, ou seja, em conjunto com os trabalhadores. É um forma de fazer com que se obtenha o melhor dos dois mundos.

 

Por isso pensar em utilizar robôs para a automatização de pequenas tarefas traz grande confiabilidade que tudo vai para onde deve ir, não importa o quão redundante uma tarefa possa parecer.

Além disso os robôs são muito práticos, e tudo que precisa ser feito pelos operadores é basicamente checá-lo com periodicidade para que ele esteja sempre em boas condições de trabalho.

 

A nova cultura das pequenas empresas

Não poderíamos deixar de lado este tema, afinal a cultura no ambiente de trabalho é o que mantém o espírito de cooperação vivo e motiva a equipe para alcançar grandes resultados.

Abraçar com bons olhos a inovação que prioriza seu pessoal pode fortalecer os laços culturais da empresa.

Isto acaba acontecendo porque ao automatizar tarefas monótonas é dado aos funcionários mais tempo e liberdade para o foco em seus trabalhos e consequentemente uma melhoria em sua qualidade produtiva.

 

pequenas-empresas-mudanca-de-cultura

Com a introdução da robótica em tarefas repetitivas dentro de ambientes industriais, a mão de obra humana terá um papel mais voltado a gestão e análise de indicadores.

 

No fim das contas o espaço de trabalho se torna mais agradável e eficiente para todos.

E trazer os robôs para a empresa não significa necessariamente eliminar postos de trabalho, e na verdade pode significar uma valorização das posições atuais ocupadas pelos operadores.

Isto poderia acontecer por exemplo, através das novas exigências de treinamento e qualificação para realização de trabalhos cooperativos com os robôs.

+Leia mais: automação industrial e emprego – riscos ou oportunidade?

 

Um ambiente de trabalho mais seguro

Os robôs (como o AUBO i-5 da Fersiltec) fazem todo o trabalho pesado, sujo e perigoso que as pessoas não se sentem tão convidadas a fazer. Por essa razão estes robôs são comumente utilizados nas linhas de produção. Além disso

colocar um robô na linha de frente é bem menos arriscado do que ter um operador totalmente exposto aos riscos de um acidente.

O robô tem uma melhor previsibilidade para trabalhar em total sincronia com o conjunto maquinário, além de não sofrer lesões como um ser humano.

Investir em robótica é investir no futuro do seu negócio, mesmo que ele seja de pequeno porte. Com o ganho de produtividade, poderá ser alcançado um aumento da empresa em uma taxa bem mais rápida do que poderia se imaginar.

 

robotica-robos-nas-nas-pequenas-empresas

Podemos também explorar um campo mais prático, ou seja, as aplicações mais utilizadas pelas pequenas empresas, como os serviços de embalagens e paletização, montagem, coleta e alocação, aparafusamento, etc.

A produção sazonal também pode se beneficiar com a robótica, já que as células de trabalho tem ferramentas que só são utilizadas quando necessário.

Para saber mais sobre as atividades que podem ser beneficiadas com robôs colaborativos, leia este artigo sobre a implementação de automação robótica.

Depois de tantos argumentos, mesmo pequenas empresas podem sim buscar a inovação da robotização em seu negócio. Podem trazer diversos benefícios, e porque não mudar totalmente o rumo do sucesso de seu empreendimento.

A necessidade e as vantagens de automação robótica variam para cada caso. Para saber as melhores possibilidades para a sua empresa, entre em contato com os consultores da Fersiltec pelo formulário abaixo.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.