Blog

Indústria madeireira: 5 benefícios de se investir em tecnologia

No mundo altamente dinâmico e tecnológico em que vivemos, a inovação é a palavra da vez. Todos os dias, buscamos novas ideias e formas mais inteligentes de realizar as atividades presentes na nossa rotina, tanto para trazer mais produtividade quanto para agregar valor para a empresa e para os clientes.

Essas inovações podem vir de diferentes formas, trazendo mudanças para a gestão, produção, qualidade, entre outras, sempre buscando otimizar os processos dentro de uma empresa ou indústria. Essas mudanças fazem parte da  evolução da indústria , desde a primeira revolução industrial, até os dias atuais. Inclusive, esse avanço tecnológico atual acabou ficando conhecido como a Quarta Revolução Industrial, ou  Indústria 4.0 .

As mudanças trazidas pela  Indústria 4.0  impactaram a rotina de diversos setores, e isso não foi diferente na  indústria madeireira . Utilizando máquinas, softwares, sistemas e equipamentos, a  automação trouxe ainda mais facilidade e eficiência para a execução dos processos, agregando ainda mais valor para as tarefas diárias.

Mas não é só a produtividade que foi impactada pela chegada dessa revolução tecnológica: essas mudanças acabaram por gerar mais economia, redução dos riscos e acidentes, e melhoria na qualidade dos produtos fabricados. 

 

Por que investir em tecnologia? 

Como vimos, as mudanças tecnológicas trouxeram inúmeras vantagens para a indústria, independentemente do setor de atuação, seja ele moveleiro ou madeireiro. Veja a seguir  5 benefícios de se investir em tecnologia na indústria madeireira:

 

Maior produtividade 

Existem muitas tarefas que fazem parte do dia-a-dia da indústria que são repetitivas e não necessitam do acompanhamento humano para que sejam executadas. Com a ajuda da tecnologia, é possível trazer mais eficiência para essas atividades, e voltar a mão de obra que antes era dedicada a elas, para funções mais importantes.

Por esse motivo, as  indústrias que investem em tecnologia, conseguem agregar mais valor, eficiência e agilidade aos seus processos, entregando uma maior produtividade. Tudo isso em pouco tempo, aumentando também, os rendimentos. Com ferramentas otimizadas, é possível aumentar o volume de produção sem a necessidade de ampliar o maquinário e a mão de obra da produção em um tempo reduzido.

Outro benefício da implementação tecnológica dentro da indústria madeireira, é o aumento da competitividade da indústria no mercado, afinal, as máquinas podem operar em regime ininterrupto, aumentando a capacidade produtiva da empresa.

Relacionados: 

 

Maior qualidade do produto final 

Diferentemente da mão-de-obra humana, os processos automatizados possibilitam uma maior precisão e uniformidade na fabricação dos produtos, garantindo uma qualidade final superior. Com uma maior exatidão no processo produtivo, a empresa será capaz de produzir produtos com um maior padrão de qualidade, gerando um diferencial no mercado.

Outro benefício trazido pela automação dos processos é a melhoria dos testes de produção, sendo possível simular a produção em ambiente virtual antes de iniciar a fabricação. Isso previne erros e desperdício de material.

 

Maior segurança para os trabalhadores 

Com a ajuda da automação dos processos, a exposição dos trabalhadores aos riscos da indústria como, por exemplo, problemas de ruídos altos ou falta de proteção, serão reduzidos. Levando assim a uma menor incidência de acidentes de trabalho. Com a tecnologia aplicada à operação, a segurança dos processos será consideravelmente maior.

Utilizando máquinas ao invés de mão de obra humana, é muito mais fácil atingir as metas de segurança e seguir as normas trabalhistas, como a NR 12. Para que esse avanço seja possível, é necessário estabelecer um programa de treinamento adequado para preparar os colaboradores nessa nova realidade.

 

 

Redução do desperdício de madeira 

Com um processo produtivo mais uniforme e otimizado, há uma redução natural do desperdício nos cortes das madeiras. Isso possibilitará que a empresa reduza os custos significativamente e gere uma quantidade menor de lixo industrial, contribuindo positivamente para o meio ambiente.

Além disso, parte do desperdício da indústria ocorre por conta de erros provocados pelos processos manuais. Em serrarias, por exemplo, é comum que não haja aproveitamento das sobras da produção. Uma das soluções mais simples para esse problema, consiste no uso de picadores de madeira para um menor desperdício e otimização do uso da matéria-prima,  ganhando assim alta eficiência e mais produtividade.

Essa redução de custos irá permitir que a empresa possa oferecer preços mais interessantes no mercado, estabelecendo um  diferencial competitivo perante a concorrência.

 

 

Maior valor agregado ao produto 

Por fim, por meio da automação dos processos, é possível entregar um produto final com maior valor agregado, principalmente quanto à qualidade obtida com o processo de produção mais tecnológico.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.