Blog

5 possíveis aplicações para a Internet Industrial das coisas

internet industrial das coisas

Ao adicionarmos soluções wireless para o sistema de controle de uma fábrica, mesmo em estruturas que já possuem cabos de rede, muitos empreendimentos têm visto ótimas melhorias em eficiência operacional e em redução de gastos.

Em alguns casos até obtido melhorias com a própria experiência do cliente.

Vejamos agora um pouco mais sobre as aplicações para internet industrial das coisas (ou IIoT, na sigla em inglês) no nível produtivo da fábrica e em outros setores, onde este uso já teve seu valor provado na prática industrial.

 

1. Monitoramento de máquina

Agora sensores e outro tipos de inteligência podem ser adicionados aos novos projetos de planta ou aos já existentes, de maneira que seja possível monitorar parâmetros externos – como o consumo de ar condicionado e níveis de vibração nas máquinas – por meio de um processo de escaneamento para buscar falhas em bombas que necessitem de manutenção ou que já se aproximam de uma falha iminente, por exemplo.

Ilustração de um engenheiro acompanhando os indicadores de uma fábrica da indústria 4.0 que está conectada a internet industrial das coisas.

Outro exemplo: se for preciso saber quando a pressão de ar estiver baixa em uma esteira transportadora, sensores alimentados por bateria podem coletar dados e transmiti-los via wireless a uma central de controle para informar que uma falha ocorreu ou pode ocorrer em breve.

 

2. Monitoramento da qualidade do ar interno

Outra das possíveis aplicações para internet industrial das coisas é o monitoramento da qualidade do ar, que é feito por alguns estabelecimentos, principalmente onde este quesito de qualidade é fundamental, como em hospitais.

Realizar este monitoramento fazendo uso de IIoT (internet industrial das coisas) pode facilitar em muito principalmente a redução de custos, em um processo que muitas vezes possui um valor elevado para implementação.

 

3. Monitoramento das condições ambientais

Algumas empresas que produzem mercadorias sensíveis, como empreendimentos agrícolas. Eles devem monitorar as condições ambientais de uma área para planejamentos de plantio e colheita, bem como garantias de padrões de qualidade.

Mas este tipo de monitoramento por IIoT também pode ajudar no espaço como um todo, para que ele também se torne mais energeticamente eficiente, o que naturalmente corta gastos com energia elétrica.

 

4.Localização de Mercadorias

Fazer uma varredura global do estoque e dos equipamentos localizados na fábrica pode ser algo muito útil, aliás fundamental, e uma boa aplicação para internet industrial das coisas.

Pessoa fazendo o acompanhamento de um motor elétrico através da internet industrial das coisas.

E não somente isso, mas também a localização das pessoas e dos próprios ativos da empresa em um determinado espaço, o que pode ser um dado crítico dependendo da área de atuação da empresa.

Por exemplo, em um aeroporto, esse tipo de serviço de localização mais precisa pode ser algo tão caro que se torna proibitivo. A grande vantagem seria fazer o monitoramento de ônibus, veículos, carros de bagagem e combustível, baseado em IIoT, melhorando assim substancialmente os serviços de logística e naturalmente reduzir muitos gastos desnecessários e garantir uma melhor eficiência.

 

5.Conexões feitas mesmo em fábricas mais antigas

O monitoramento industrial por IIoT permite a obtenção de dados de plantas mais antigas sem que os sistemas já existentes sejam perturbados. Por exemplo, em plantas que já vem operando por mais de 30 anos, frequentemente utilizando protocolos tradicionais como TCP/IP para coletar dados e monitorar diversas máquinas.

Linha de produção de uma fábrica antiga, ainda não conectada a internet industrial das coisas.

Apesar do sistema antigo, ele ainda pode ser perfeitamente funcional e refazer todas as conexões do zero para substituir por um sistema mais moderno pode não valer a pena, podendo se tornar algo difícil e caro.

Em vez disso, as fábricas podem simplesmente “escutar” nas conexões de rede fixa já existentes e fazer a comunicação através de um outro canal novo, concluindo aqui nossas 5 aplicações para internet industrial das coisas.

 

Precisa de ajuda para enfrentar os desafios da aplicação da IIoT?

As diversas aplicações para a Internet Industrial das Coisas tem um enorme potencial de transformar a produção e o consumo. Mas as empresas que forem adotá-las precisam planejar atenciosamente cada etapa. Implementar esta tecnologia para obter o retorno de investimento desejado é um processo complexo. Para garantir sucesso nessa transição, entre em contato conosco.

A Fersiltec detém larga experiência e amplo reconhecimento do seu compromisso em projetos de automação industrial, robótica colaborativa e adequações de segurança em máquinas e equipamentos.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.