Blog

Inversor de Frequência variável o que é e quais são suas vantagens

Os Inversores de Frequência são dispositivos responsáveis pelo controle de velocidade de motores elétricos e são muito utilizados na indústria. Eles surgiram como uma solução prática na substituição dos motores de corrente contínua pelos motores de corrente alternada. Mas como esse equipamento funciona e quais são as suas utilidades?

Para entender um pouco mais sobre esse assunto, confira esse artigo que preparamos exclusivamente para você!

 

O que é um Inversor de Frequência Variável?

O Inversor de Frequência Variável é um equipamento que realiza a variação do giro e da tensão de um motor trifásico. Ele também é conhecido como Drive de Velocidade Variável, Drive de Frequência Ajustável, Microdrive, Inversor, entre outros.  Ele é capaz de variar a velocidade do giro do motor de indução trifásico, transformando a corrente elétrica alternada fixa, em uma corrente elétrica variável. 

Dessa forma, a principal função do Inversor de Frequência Variável é alterar a frequência da fonte que alimenta o motor, de forma que ele consiga seguir frequências diferentes fornecidas pela rede de forma constante. Com isso, é possível realizar o controle da velocidade de rotação do motor de forma eficiente.

 

Quais as vantagens do Inversor de Frequência Variável?

O Inversor de Frequência Variável realiza a mudança da frequência já na entrada dela no motor, e isso proporciona diversos benefícios, como veremos a seguir:

  • Contribui para a regulagem da pressão e vazão quando utilizado em compressores e bombas;
  • Pode substituir os variadores eletromagnéticos e os mecânicos;
  • Contribui para a redução dos níveis de ruído do sistema;
  • Possibilita a automação industrial;
  • Possui uma implantação simples;
  • Economiza energia elétrica;
  • Aumenta a vida útil dos motores;
  • Entre muitos outros benefícios.

 

Onde o Inversor de Freqüência Variável pode ser utilizado?

O Inversor de Frequência Variável é um dispositivo muito versátil e pode ser aplicado de diferentes formas. Por exemplo: Na indústria, ele pode ser utilizado em diversos tipos de máquinas e equipamentos, como rotuladoras, esteiras, bobinadeiras, ventiladores, entre muitos outros.

Ele contribui diretamente para a automação industrial, e sua aplicação pode ser realizada em maquinários de diversos setores e funções, otimizando as atividades dentro da indústria e agregando valor e produtividade. Além disso, além de economizar energia e reduzir custos, ele ajuda a aumentar a durabilidade dos equipamentos, diminuindo a necessidade de manutenção e substituição de máquinas.

 

Relacionados:

 

Quais os tipos mais comuns de Inversores de frequência variável no mercado?

Podemos separar os Inversores de Frequência Variável em dois tipos principais: Inversor de Frequência Escalar e Vetorial. Vamos entender como cada um deles funciona abaixo:

 

Inversor de Frequência Escalar

Esse tipo de Inversor de Frequência  é baseado nas equações de regime permanente. Ou seja, o sistema é baseado na relação V/F constante (tensão / frequência). O seu desempenho é limitado, sendo assim ele é utilizado para a execução de tarefas simples e de baixa demanda, como manutenção de velocidade de um motor ou controle de partida e parada. Ele é aplicado em ventiladores, bombas e maquinários simples.

 

Inversor de Frequência Vetorial 

Em comparação com os Inversor de Frequência Escalares,  os Inversor de Frequência Vetoriais são equipamentos que apresentam uma maior complexidade e desempenho dinâmico. Ele funciona por meio da programação de parâmetros do motor, como indutâncias, resistências, e corrente nominais, alterando a relação entre frequência e tensão.

São mais comumente utilizados em máquinas mais complexas, que demandam uma maior variação de velocidade, controle e precisão, como: guinchos, elevadores e máquinas operatrizes.

 

 

Aplicações mais comuns na Indústria

Os Inversores de Frequência Variável são equipamentos que podem ser aplicados em diversas máquinas, com funções diferentes. Tudo vai depender do objetivo a ser atingido com essa otimização, seja em equipamentos simples, ou maquinários de maior complexidade.

Na Indústria, são muito utilizados em compressores, turbinas hidráulicas, bombas, esteiras de transportes, e muitos outros. Os Inversores de Frequência Variável  possuem uma ampla gama de aplicações, podendo melhorar os processos industriais, reduzir o consumo de energia e diminuir a emissão de ruído.

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.