Blog

Profissões do futuro que envolvem a robótica

Segundo um estudo realizado pela Mckinsey Global Institute, estima-se que até o ano de 2030, entre 3% e 14% dos trabalhadores em todo o mundo precisarão mudar de função. 

Já um estudo da Universidade de Oxford mostra que 35% das profissões atuais devem ser automatizadas nas próximas duas décadas. 

Essas previsões apontam para um mesmo caminho: a robótica surgindo como uma tendência nas profissões do futuro. Oportunidades nesse setor estão em foco, devendo ganhar cada vez mais destaque nos próximos anos.

Portanto, neste artigo iremos te mostrar quais são as profissões do futuro que envolverão a robótica nos próximos anos. Confira!

 

Perfil do novo profissional

O cenário mercadológico passa a integrar novidades marcantes, como a própria robótica, Big Data, computação em nuvem, inteligência artificial e internet das coisas

Isso exige um novo perfil profissional, com novos conhecimentos, dando origem também a novas profissões. 

Não basta se aproximar da tecnologia, é preciso também desenvolver habilidades humanas e conciliar ambas as competências. 

Os profissionais do futuro são justamente aqueles que conseguem se adaptar a essa evolução. 

Pensando nisso, trouxemos uma lista de atividades que estão em amplo crescimento no mercado, sendo consideradas as profissões do futuro

 

Gerente de Big Data

A análise de grandes quantidades de dados (Big Data) é uma das grandes tendências da tecnologia. 

profissões do futuro

O profissional responsável pela gestão de Big Data compreende a questão técnica de armazenagem de dados, identifica e analisa o conteúdo das informações, direcionando para diferentes departamentos da empresa. 

 

Cientista de dados

É o profissional que transforma as informações contidas nessa grande quantidade de dados em ações estratégicas, baseadas nas preferências do cliente, nas reações de mercado, entre diversos outros fatores.

Destaque entre as profissões do futuro, esse trabalho exige técnicas específicas, que combinem conhecimentos das áreas de tecnologia e ciências exatas (análise de sistemas, engenharia, matemática, estatística, etc.) com capacidades da área de humanas, como marketing e psicologia, por exemplo.

 

+Você já leu esses?

 

Especialista em Business Analytics (Analista de Negócios)

Seu principal objetivo é auxiliar na implementação de soluções de tecnologia de uma forma eficaz em termos de custo, para determinar quais os requisitos de cada projeto ou programa e comunicá-los claramente aos interessados, facilitadores e parceiros. 

Este profissional busca novos caminhos e as melhores oportunidades de negócios, analisando tendências do mercado, desenvolvendo novos produtos e recriando produtos já existentes. 

 

Engenheiro de testes

Ligado à área de testes, esse profissional participa de processos de engenharia voltados à introdução de novos produtos. 

Ele é o responsável por conduzir testes em softwares de produtos, para verificar o perfeito funcionamento de todos os componentes do sistema, detectar possíveis falhas e implementar melhorias contínuas.

 

Especialista em Solutions Architecture (Arquiteto de soluções)

Seu principal desafio é alinhar os objetivos de negócio da empresa com as melhores decisões sobre software, plataforma e infraestrutura. 

O arquiteto de soluções se dedica a compreender os problemas de uma empresa para propor a melhor solução tecnológica às necessidades de cada negócio. 

Com o salto tecnológico das últimas décadas, as inovações na área de TI têm sido um fator de sobrevivência para muitas organizações. Seu uso estratégico é hoje tão importante quanto a própria missão da empresa.

 

Coordenador de implantação

Profissional que coordena projetos de instalação e integração de sistemas automatizados. Ele avalia questões como custo, rentabilidade e risco, de acordo com a finalidade, prazo e nível de serviço estabelecido.

 

 

Desenvolvedor de automação e robótica

É o responsável por elaborar e executar projetos ou manutenção de processos automatizados.

Com o fortalecimento do setor, o mercado da robótica tende a demandar um novo tipo de profissional, que deverá ter conhecimento de engenharia e computação para aprofundar o desenvolvimento de robôs com estabilidade dinâmica, inteligência e capazes de gerar empatia com humanos. 

Além da formação em engenharia e informática, é imprescindível ter afinidade com temas como internet das coisas, inteligência artificial e impressão 3D.

 

Investimentos na área da robótica

robo industrial colaborativo aubo fersiltec

De acordo com o banco de investimentos Merrill Lync, o mercado de robótica deve movimentar cerca de 75 bilhões de euros em 2020. 

Esse crescimento se dá graças aos avanços das tecnologias utilizadas na fabricação de chips de silício, sensores e demais componentes computacionais. 

O próprio custo da robótica sofreu uma redução de 27% na última década. 

 

Robótica industrial

Atualmente, a robótica é amplamente utilizada na indústria, como importante ferramenta para aumentar a produtividade global das empresas. 

O uso de robôs colaborativos na manufatura já é realidade em empresas de diferentes portes, proporcionando uma série de benefícios que impulsionam a produtividade e tornam essas empresas muito mais competitivas.

A Fersiltec possui vasta experiência em automação industrial, tendo lançado no Brasil o Aubo i5 e o Aubo i10, que combinam as principais tecnologias esperadas em um braço robótico colaborativo. 

Entre em contato conosco e conheça as soluções oferecidas na área da robótica industrial para aumentar a produtividade e garantir a segurança e o cumprimento das normas técnicas especificadas para sua empresa!

Comentários

Não perca nossos posts sobre Automação Industrial

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.